quinta-feira, 17 de novembro de 2016

Prantos, amores e outros desvarios (Teolinda Gersão)










Pensem no sapatinho da Cinderela. As voltas que deu para encontrar o par certo, a Cinderela certa. O fim esperado.
Os contos de Teolinda Gersão são assim: um caminho tão certo, delineado pela esperança das personagens que tão bem fez nascer e colocou, com perícia cirúrgica, nos recantos mais convenientes.
Estou verdadeiramente deslumbrada com a escrita nua e bela desta mulher.
Ela conta verdades, conta a vida - como alguém disse - e ainda assim, emprega-lhe um encantamento que nos faz refletir para lá do possível e conjeturar mais do que ali se diz, numa espécie de conto de fadas.
 
Os contos de Teolinda Gersão são um pequeno mapa da vida das pessoas comuns. De todos nós. De mulheres que amaram demais para, depois, perceberem que afinal não foi tanto assim. De homens que julgaram não precisar de amor para, depois, perceberem que afinal não era bem assim, ansiando mudar um destino oncológico fatal como a merda.
 
Há fatalidade, há sensibilidade, há vida em tudo o que diz. Há paredes que se fecham pela pressa de um tempo que não perdoa. Há sonhos que apenas prometem e janelas que apenas mostram mais paredes, sem fim.
 
Há mães. Há filhos. Há crianças. Fé desmedida e distorcida.
E há esse país das maravilhas com Alices perdidas na sua própria história.
 
Teolinda Gersão, nesta que é a minha estreia com a autora, conquistou-me fatalmente pela escrita limpa e por contos que, aparentemente soltos, se ligam fielmente nessa trajetória de quem se atreveu a viver com o coração na garganta.
 
 
Um dos melhores livros de contos que já li.
Recomendo muito.
 
Obrigada Joana :)

2 comentários:

Carlos Faria disse...

Li um livro de contos dela, lembro-me que gostei da escrita e os contos eram simpáticos, mas o livro não me deixou marcas e por isso não mais voltei a ela.

Denise disse...

Na minha opinião, nada isenta :) merece uma segunda oportunidade, Carlos!
Gostei imenso. Tenciono agora aventurar-me no romance. Veremos.

Boas leituras!