segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Há Sempre Um Amanhã (Pearl S. Buck)

Depois de um dia tenebroso, o conforto de um amanhã promissor.
Depois de dias e dias tenebrosos, há sempre a sensação reconfortante de que um amanhã poderá ser diferente.
A audácia está, precisamente, em saber preparar o coração para que, nessa altura, os olhos, em sintonia, vejam exactamente na mesma direcção.
Na direcção desse longínquo, mas tão reconfortante, amanhã.



Dedicado aos que ainda sabem sonhar.


Sem comentários: