segunda-feira, 18 de julho de 2016

Happy Girls


6 comentários:

Beatriz disse...

Olá, Denise.
E como estarmos mais felizes também passa por termos mais livros, partilho contigo, caso ainda não saibas, que a tua editora de eleição está com alguns livros em promoção :)
De hoje a 25.

Boas leituras!

Denise disse...

AI Beatriz!

Lá vou eu fazer asneira, e ficar mais feliz ainda! :)
Obrigada pela dica.

Beijinho e muitas leituras

Beatriz disse...

:D
Lembrei-te de ti.
Achei que era de aproveitar a promoção com 40% de desconto e portes gratuitos.
Comprei "Gente Independente", de Laxness. Li "O sino da Islândia" há algum tempo e na verdade, não me entusiasmou muito. Mas como dou sempre uma segunda oportunidade, apostei e penso não me arrepender.
Não comprei mais porque tirando Agassi, Richards e Cabell (que não me interessam muito) tenho os outros.

A colecção do Expresso com oferta dos livros de Camilo também é simpática :)
Beijinhos e óptimas leituras, Denise.

Denise disse...

Beatriz! :)

Fizeste uma excelente escolha. Esse é um dos livros da minha vida, sem exagerar. Tenho "O Sino da Islândia" mas não ainda não li.
Comprei cinco novas relíquias que em breve mostro aqui. Uma delas é o ambicionado «Arde o Musgo Cinzento» de Thor Vilhjálmsson :)

Obrigada uma vez mais.

A coleção do Camilo também já andei a espreitar...vale a pena!

Beijinhos e muitas leituras!

Beatriz disse...

:) Obrigada!
Laxness com "O sino da Islândia" deixou-me ambivalente. Mas bem sei que existem livros para cada estado de espírito. Talvez não estivesse no estado preciso. Foi quase penoso.

Alguns dos livros da minha vida são "Crime e Castigo",de Dostoievski, outro que me é muito caro é " Niels Lyhne", de Jacobsen, "Diário de um ladrão", de Genet, e vários de António LObo Antunes.
Sou grande admiradora dos Russos. A meu ver ninguém os bate. Tolstoi, Dostoievski, Tchekhov, Turguenev, Gorki, Gogól, Shalamov, Solzhenitsin, Bulgakov, Leskov, Harms, Platonov. Nêmirovski é também admirável,ainda que bastante mais tarde.

Li há um mês, salvo erro, "Arde o Musgo cinzento" e gostei.

Pelo que escrevi acima entendes por que motivo a Relógio D'Água está no meu coração :) Mais ainda depois de publcar "Clássicos para leitores de hoje" a preços reduzidos.

Escrevi imenso!
òptimas leituras, Denise.

Denise disse...

:)
Relógio D'Água é também um editora muito boa, sem dúvida.
Esses clássicos a preços reduzidos são verdadeiras tentações! :) Quero muito comprar Proust e o seu "Em Busca do Tempo Perdido"...

Quanto a "Crime e Castigo" é um daqueles a que já me obriguei a ler este ano, sem passar mesmo. Ando sempre a adiar e sinto que vou adorar. Apesar de ainda não ter lido tantos como os que referes, também gosto muito dos Russos, gostei muito de ler Tolstoi e Tchekhov.
Nemirovski outra referência :)
Só coisas boas!

Agora, resta-me aguardar impacientemente a encomenda da Cavalo de Ferro! (risos)

Beijinhos, Beatriz