domingo, 19 de março de 2017

Receitas de Amor para Mulheres Tristes (H. Abad Faciolince)










Encantar mulheres tristes com receitas de amor é o propósito do autor.
Se conseguirá, ou não, dependerá sabe Deus do quê.
Não serei eu capaz de lhe dizer, caro leitor, o que fará uma mulher sair desse turbilhão de tristeza que lhe inunda o peito. Consigo dizer-lhe, isso sim, que Héctor Abd Faciolince criou um carinhoso livro de receitas que, pelo menos, acalentará o seu coração de mulher e ajudará ao homem mais astuto a perceber-lhe os sinais da falta de amor que lhe acusa por gestos subtis e palavras que não diz.
Ele diz, e eu subscrevo feliz da vida, como os homens são cobardes a amar.
 
Ele vai ensinar-lhe uma série de coisas que, muito provavelmente, estará farta de saber. Mas, cá para mim, entre saber e fazer-se valer dessas crenças, percorre-se uma significativa distância.
 
Não vamos mais longe com Faciolince, mas vamos mais protegidas, mais mimadas.
Protegidas nesse confronto de amar mal, de quem receia, de quem não se entrega, que espera o que não vem, que deseja o que não sabe, que quer e não quer, que desconhece e estagna na dor mensal que alguém lhe destinou.
 
Este belíssimo livro é a dedicatória mais pura às mulheres que podem até nem saber para onde vão, mas saberão, com toda a certeza, como fazer quando lá chegarem.
 
"Não escondas as tuas misérias: podes ter segurança com aquele que gosta dos teus defeitos, porque aos teus encantos e qualidades qualquer um se afeiçoa."
 
Bem haja, Héctor Abad Fanciolince!

Sem comentários: