terça-feira, 6 de dezembro de 2016

Ler(-te) em Português de Dezembro

Gostei tanto deste desafio a que me propus. Com ele li obras que tenho, quase a certeza, não iria ler de outra forma. Não me perguntem porquê. Sei, no entanto, que agora, estou felicíssima por estar muito mais envolvida na literatura portuguesa e não ficarei por aqui.
Desta forma e numa espécie de círculo, tal como comecei, irei encerrar este «Ler(-te) em Português» com Eça de Queirós, o autor incontornável por todos os motivos e mais alguns.
«A Relíquia» será a obra escolhida pois foram inúmeras as vezes que me falaram nela, cheia de bons comentários. Vamos ler!
 
Obrigada a todos os que acompanharam o desafio e foram comentando, especialmente, a querida Beatriz com as suas apreciadas e sempre pertinentes notas e o Carlos Faria do blogue Geocrusoe (visitem que vale a pena!).
 
Até já!

4 comentários:

Carlos Faria disse...

Já li A Reliquia há vários anos, um livro que chocou a igreja talvez de uma forma ainda mais perigosa que O crime do Padre Amaro. Contudo, gostei muito. Bom desafio

Denise disse...

Carlos :)

Obrigada!
Ainda não comecei a leitura, mas estou muito curiosa. Eça tem esse efeito sobre mim. Vamos ver. E ler!
Beijinhos e ótimas leituras

Beatriz disse...

Denise :)
"A Relíquia", como o Carlos comentou acima foi considerada uma obra heréctica, escandalosa.
E o Teodorico, que personagem!
Há novo desafio para 2017? Do género ser um crime não haver lido x livro e por isso mesmo merecer-se um castigo? ;)
(Obrigada pela simpatia)
Beijinhos e óptimas leituras.

Denise disse...

Beatriz, sua má! ;)

Sim, não um... mas dois desafios para 2017!
Em breve venho contar tudo.

Beijinhos