quinta-feira, 29 de dezembro de 2016

Ler(-te) em Português de Dezembro





Comecei o meu desafio literário de 2016 com Eça de Queirós e fecho precisamente da mesma forma, desta vez, com a obra «A Relíquia».
Se me falavam da dimensão grotesca, digamos assim, da personagem principal - Teodorico - fiquei ainda mais perplexa depois desta leitura. Que. personagem. esta.
Confirma-se, mais uma vez, a crítica acutilante de Eça, desta feita à religião e à fé de um modo que não deixa de ser cómico, permitindo-nos, entre reflexões, uma ou outra gargalhada perante cenas verdadeiramente hilariantes.
Esta é, simplesmente, a história de um sobrinho que, sob a influência de um mau amigo, se centra em encontrar todas as formas para, subtilmente (ou não?), ficar com a herança da sua devota tia.
Serão muitas as peripécias que rondarão Teodorico e, caro leitor, não querendo desvendar demais sobre uma história que merece destaque em primeira mão, permita-me apenas dizer que nada correrá bem a um rapaz de coração pequeno, plantado em lugar errado e, sempre, por mais que se tente endireitar, jamais o conseguirá. Dualidade, diriam muitos.
 
Não poderia ter terminado este desafio literário a que me auto propus da melhor da maneira. Percebo agora que Eça de Queirós é sempre surpresa garantida, valendo cada minuto do nosso (sempre precioso) tempo.
 
Boas leituras!
 
 
Chega ao fim o desafio «Ler(-te) em Português»!
Agora, tenho a certeza que muitos mais clássicos portugueses aparecerão por aqui!
 
Boas leituras.
 
______________________________
 
Poderão ler mais informações sobre este desafio pessoal, aqui
 
Ler(-te) em Português de Janeiro, aqui
Ler(-te) em Português de Fevereiro, aqui 
Ler(-te) em Português de Março, aqui
Ler(-te) em Português de Abril, aqui
Ler(-te) em Português de Maio, aqui
Ler(-te) em Português de Junho, aqui
Ler(-te) em Português de Julho, aqui
Ler(-te) em Português de Agosto, aqui
Ler(-te) em Português de Setembro, aqui
Ler(-te) em Português de Outubro, aqui
Ler(-te) em Português de Novembro, aqui

3 comentários:

Beatriz disse...

Olá, Denise :)
Que bom que gostaste. Eça tem inúmeras personagens inolvidáveis. Teodorico é uma delas. Tal como Juliana d'"O primo Basílio", na minha opinião. "Ruins" mas hilariantes!
Gostas de Flannery O'Connor e de Eudora Welty? Se sim, recomendo Katherine Anne Porter. Terminei "Cavalo Pálido, Pálido Cavaleiro", e é muito bom. São 3 novelas belíssimas.
Beijinhos e Bom 2017 :)

Denise disse...

Muito bom, Beatriz!
Este desafio literário foi muito interessante. Gostei imenso de Eça, de Júlio Dinis e tantos outros. Agora, faço questão de continuar a conhecer mais :)
Adoro Flannery O'Connor. Eudora Welty também mas ainda só li "O Coração dos Ponders", gostei muito na altura :) Vou anotar as recomendações. Obrigada!

Beijinhos e um FELIZ 2017!

Carlos Faria disse...

Penso que gostei de todos os livros de Eça que li e li quase todos os romances, o último foi "A ilustre casa de Ramires" outra grande surpresa pela positiva.
A relíquia já o li há muito tempo, lembro-me dessas peripécias de um narrativa no tempo da paixão de Jesus que também não lhe é simpática.