quinta-feira, 29 de dezembro de 2016

Os Memoráveis de 2016

Eis chegado o momento da retrospetiva literária.
Este ano são 15 os livros que se tornaram memoráveis:
 
 
video
 

Bons momentos e muitos, muitos livros.
 

3 comentários:

Beatriz disse...

Obrigada pela partilha :)
Deixo os que mais gostei de ler este ano:
1 Oblomov - Gontcharov;
2 O caso do camarada Tulaev - Serge;
3 Vida e Destino - Grossman;
4 Os noivos - Manzoni (um clássico italiano);
5 Eugénia Grandet - Balzac;
6 O deserto dos Tártaros - Buzzati;
7 Confusão de sentimentos - Zweig;
8 Uma vida violenta - Pasolini;
9 Thérèse Desqueyroux - Mauric (excelente contraponto a Bovary);
10 David Copperfield - Dickens (um dos künstlerroman mais conhecidos);
11 Zorba O Grego - Kazantzákis;
12 Auto-de-fé - Canetti
13 Uma solidão demasiado ruidosa - Hrabal;
14 A ilha de Arturo - Morante
15 O Tumulto das ondas - Mishima
Menções honrosas para Portugueses: Lobo Antunes, Pires Cabral e Branquinho da Fonseca.

(E como no ano passado não fiz esta lista, opto pôr aqui deixar "A educação sentimental", de Flaubert, "O astrágalo", de Sarrazin (uma escritora "maldita" excelente), "A palavra do mudo" Vol I, de Ribeyro, "O Leopardo, de Lampedusa.
Sou uma exagerada, desculpa!A intenção é boa ;)
Beijinhos e Bom 2017 mais uma vez.

Denise disse...

Beatriz, que coisas boas!
Obrigada e lá vou eu pesquisar o que não conheço para alterar isso rapidamente! Tudo me soa bem...!
Espero continuar a ter a tua presença no Ler(-te) sempre com as tuas intervenções tão pertinentes (e já agora, simpáticas e generosas!) :)

Beijinho!

Anónimo disse...

Beatriz, você é impagável!