segunda-feira, 4 de maio de 2015

O Coração dos Ponders (Eudora Welty)

«O Coração dos Ponders» é uma pequena novela escrita por Eudora Welty, no ano de 1953.
Como uma novela que se preze, aqui, o leitor encontrará os ingredientes necessários para momentos recheados de bom humor e divertimento. Um pequeno livro cheio de graça, personagens inesquecíveis e peculiares.
É o caso do tio Daniel Ponder, cujo coração é conhecido pela generosidade. Mãos largas, não aguenta para si nada do que possa dar, pois é a dar que o seu coração acalma, na certeza de que será ainda mais amado e apreciado.
Quem não aprecia tal destreza na arte de bem dar é Edna, a sua sobrinha, de idade similar, e a narradora desta pequena história.
É através do seu diário que conhecemos a pequena aldeia onde tudo acontece, onde os amores inflamados do tio Daniel crescem assolapados e onde, inevitavelmente, se perde em esbanjamento, para deleite do povo.
Há coisas que uma mulher não consegue aceitar, e uma delas é sentir ter razão, estar cheia dela, e ainda assim, não se fazer prevalecer.
O coração do tio Daniel é invadido por um amor que ultrapassa qualquer barreira e a responsável da proeza é uma jovem mais nova, para grande desânimo da sobrinha, que sente diariamente o impulso da ordem e o fracasso da sua missão.
Desde que a moça entra nas suas vidas, com a esperteza de um casamento à experiência, a vida do tio Daniel jamais será a mesma. Pois, dizem, que nessas coisas do coração, uma vez envolvido, os olhos perdem foco.
E assim foi.
Numa reviravolta em tudo inesperada, - que não contarei, pois não quero evitar as emoções fortes que esperarão o leitor que se atrever -, as mãos do tio Daniel abrir-se-ão de vez, dando como nunca deu, mostrando o quanto o amor é feito de nada, e um nada que é tudo, mas… perguntam vocês, o coração? Esse, o coração do tio Daniel Ponder emudeceu à passagem do tempo. Da indiferença. Do embaraço.
 
 
Uma pequena história que recomendo para tardes simples.
Boas leituras!

Sem comentários: