sábado, 23 de maio de 2015

Utopia. Paixão. E pó.

Há utopia na paixão.
E paixão na utopia.
Certezas. Riscos. E grandezas.
Serás sempre perfeito para mim.
Até ao dia.

Até ao dia em que só me reste
Pó.
Até ao dia em que só me reste mero pó.
Mero pó que confirme a tua perfeição.

Pó de memórias.
Pó de enganos.

Partículas.
De merda.



D.C.R

Sem comentários: