sábado, 26 de novembro de 2011

A Pousada da Jamaica (Daphne Du Maurier)

Este é mais um livro cuja essência da mulher é retratada na sua mísera condição. A condição de eterna estúpida.
São ridiculamente estúpidas que já não há escapatória possível, são assim, estúpidas, imbecis. Decidem, por conta própria, a deixarem cérebros de ouro na gaveta, e tornam-se seres miseráveis, estúpidos, regidos por emoções vagas, que as levam o vento!
Mulheres estúpidas. Para sempre estúpidas.
Súplicas pela igualdade, mas acordem. Para sempre estúpidas.

Porcaria de fim de livro. Infelizmente, um retrato miserável de quem estupidamente se ... apaixona.
Mary, és uma mulher estúpida.


Ao som de: "Here To Stay" (Korn)

Sem comentários: