Observações (Jane Harris)

sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

Não é novidade o meu interesse pela época vitoriana. Este primeiro romance de Jane Harris foi uma verdadeira surpresa. Uma boa surpresa.
Um livro extremamente bem escrito, com uma personagem singular, cómica, com o coração na boca, e que nos compra a curiosidade com muita facilidade. A intriga é instalada, bem ao jeito da época, e o leitor é enredado pela teia na tentativa de descobrir os segredos sombrios de «Castle Haivers».
Bessy quer deixar uma vida difícil para trás, à procura de algo melhor. Solarengo. Uma nova oportunidade. Sem esperar muito, encontrará essa nova brecha de vida precisamente na grande mansão que sempre quis visitar: Castle Haivers.
Conhece aquela que será a sua senhora. A boca prática de Bessy incomoda a sensível patroa, pelo que os jeitos torcidos da rapariga terão de ser moldados, na tentativa de se tornar uma criada, no mínimo, razoável.
Misteriosa, a sua senhora, rapidamente se torna alvo de uma curiosidade próxima de deslumbramento por parte de Bessy. Os perfumes que usa, os tecidos de que são feitos os seus vestidos, a sua postura, a forma de andar e sentar, toda uma amálgama de jeitos e trejeitos que encantam e assombram a pobre rapariga, quase de forma inconsciente. E obediente.
Conduzida pela curiosidade que o próprio deslumbramento inflama, a jovem começa a desbravar naquela casa todo e qualquer indício que lhe dê mais respostas concretas sobre quem é a sua senhora. De tanto procurar, acaba por encontrar mais do que gostaria.
Após a descoberta que iria enfurecer o coração tenro de Bessy, que se sentiu traída, muitas reviravoltas inesperadas surgiriam de um ato impensado...
Desse ato impensado, os segredos escondidos e enterrados poderão, finalmente, ver a luz do dia.
 
Muito bom!
 
Boas leituras :)
 
 

4 comentários:

Kel disse...

Tenho este livro na minha pilha de livros para ler cá em casa. Então foi uma boa compra?! :)
Beijinhos

Denise disse...

Olá Kel :)

Sim, foi uma boa compra.
Gostei muito pela forma como a época vitoriana é retratada e pela personagem principal, que é verdadeiramente singular!
Vale a pena.

Beijinhos e boas leituras

Su disse...

Olá! Adorei este livro pela protagonista. É muito peculiar, relamente. Só cá para nós, fiquei com alguma pena da patroa, no final...

Bjs e boas leituras!

Denise disse...

Olá Su :)

Sim... também fiquei com pena da senhora...
Mas o livro torna-se diferente pela Bessy e a forma como a época vitoriana está retratada, gostei mesmo muito!

Beijinhos e muitas leituras!

CopyRight © | Theme Designed By Hello Manhattan